Igrejas

segunda-feira, 26 de setembro de 2011


A atração mais fotografada é a Catedral de Nosso Salvador do Sangue Derramado (Tserkov Spasitelya Na Krovi). Construída entre 1883 e 1907, quando o país apresentava um grande impulso industrial e econômico, com sua arquitetura em estilo russo medieval clássico, torres coloridas decoradas com ouro, pedras preciosas, cruzes resplandecentes, é impressionante. Foi edificada no mesmo local onde o Czar Alexandre II foi assassinado em 1881, razão pela qual seu nome faz referência ao Sangue Derramado.

O nome oficial do templo é Igreja da Ressurreição de Cristo. Em 1930 a igreja foi fechada devido ao ataque bolchevique, cuja ofensiva contra as religiões destruiu grande parte das igrejas do país. Depois de 30 anos de restauração foi reaberta em 1997. O interior da catedral é decorado com mosaicos de mármore incrivelmente detalhados (criados pelos mais proeminentes artistas russos), cobrindo todas suas paredes, e atualmente abriga um Museu.



A Catedral de Santo Isaac (Isaakevsky Sobor), com sua imponente colunata, é um dos mais vistosos da cidade. Por trás da fachada triangular apoiada em colunas gregas, uma cúpula circular dourada apoiada em uma nova série de colunas destaca-se. Na decoração empregaram-se 43 tipos de minerais. Para dourar a cúpula de 21,8 m de diâmetro, empregaram-se cerca de 100 kg de ouro. Quase 400 obras, entre esculturas, pinturas e mosaicos, adornam a catedral com capacidade para 14 mil pessoas.

A catedral ganhou prestígio adicional na Segunda Guerra, quando a cidade foi sitiada. Neste período seu imenso saguão abrigou milhares de pessoas, e as ajudou a suportar os invernos glaciais de São Petersburgo.

Desde 1931 que a catedral é um museu. Pode-se subir até à base da cúpula, de onde se desfruta de uma magnífica vista de São Petersburgo. O acesso custa RUB 150 ou € 3,50.


A Catedral Kazan (Kazanski Sobor) é a construção de maior destaque da Avenida Nevsky. Considerada como um dos melhores exemplos de arquitetura tradicional russa não ortodoxa, ela foi erigida tentando harmonizar o projeto adotado na construção de São Petersburgo com a tradição arquitetônica ortodoxa. Assim, a monumental colunata de sua fachada foi construída paralela à Avenida, enquanto o altar principal está situado numa das laterais, atendendo à imposição da igreja ortodoxa, que estipulava que estes deveriam estar sempre orientados na direção leste-oeste. Entrada gratuita.

O nome da catedral homenageia a Nossa Senhora de Kazan, um dos maiores ícones religiosos da tradição ortodoxa russa. Marshal Kutuzov, o general que comandou as tropas russas na vitória sobre Napoleão Bonaparte, está enterrado nesta catedral. Em frente à catedral, um belo jardim e bancos de praça convidam os passantes a sentar e admirar tanta beleza.

Combinando estilo barroco e elementos da arquitetura tradicional russa, a St. Nicholas & Epiphany Cathedral destaca-se pela beleza. Foi projetada pelo arquiteto S. Tchevakinsky entre 1753 e 1762. Tornou-se uma espécie de memorial em honra dos marinheiros perdidos. É uma das poucas catedrais que não foram fechadas no período soviético.

A St. Vladimir’s Cathedral é uma igreja ortodoxa (próxima ao Museu Dostoievsky), que foi erguida primeiramente de madeira em 1708. Após várias denominações, ampliações e restaurações, passou a chamar-se St. Vladimir em 1789. No período soviético (1928), foi fechada e, de 1938-1941 foi a catedral da cidade. 

Percorrendo a Nevsky Prospect, avistamos mais duas igrejas: Armenian Church (bela nas cores azul e branco, construída entre 1770 e 1772) e a The Catholic Church of St. Catherine (amarela e com uma cúpula verde, construída entre 1762-1783), ambas em estilo clássico.

Destaque, também para a St. Petersburg Mesquita. Quando concluída, em 1913, era a maior mesquita na Europa: seus minaretes atingiam 49 metros de altura e a impressionante cúpula azul-celeste, 39 metros. A mesquita está situada no centro da cidade, perfeitamente visível a partir da Ponte Trinity.

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Visitantes (últimos 7 dias)

Visite Blog RotaCinema

  • England is Mine - *País*: Reino Unido *Ano*: 2017 *Gênero*: Biografia *Duração*: 94 min *Direção*: Mark Gill *Elenco*: Jack Lowden, Jessica Brown Findlay, Jodie Comer e Laur...
    Há 2 horas

Postagens populares

Tags

Moscovo, Moscou, São Petersburgo, Leningrado, Petrogrado, Terra dos Czares, Rússia para brasileiros, dicas de viagem para a Rússia, blog Simone, viagem independente, Simone Rodrigues Soares.

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP